O Mazembe estreia domingo no Mundial de Clubes, contra o Sanfreecce Hiroshima japonês.

Leonardo Oliveira: Mazembe tem cinco remanescentes de 2010 Junior Kannah/AFP
Mazembe estréia no Mundial domingo, 13/12

Daquele time que enfrentou o Inter, além de Kidiaba, hoje um senhor de 39 anos, restaram outros quatro jogadores: os defensores Kimwaki e Mwepu e o meia Singuluma — além do goleiro reserva, Bakula. A equipe deste ano é uma seleção africana. Só seis jogadores dos 23 levados ao Japão são congoleses. O restante do grupo é formado por cinco jogadores de Gana, quatro de Zâmbia, três de Mali, três da Costa do Marfim e dois da Tanzânia.

A força está no trio ofensivo “Ulisatra”, formado pelos tanzanianos Ulimwengu e Samatta e o malinês Traoré. O Mazembe é bancado pelas jazidas de minério da província de Katanga, que já tenta se tornar independente do Congo. Daí a explicação para tantos estrangeiros.

Tsukasa Shiotani (D) marcou o segundo gol da partida
Leonardo Oliveira
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s